Com bagagem do futebol europeu, Comercial apresenta novo atacante

Matheus Silva tem 22 anos e volta ao futebol brasileiro para ter vitrine no cenário nacional

Matheus Silva é a nova contratação do Comercial para a Copa Paulista. Foto: Assessoria Comercial
Continua depois da publicidade

Na manhã desta quarta-feira (28), o Comercial apresentou mais reforço para o ataque, o atacante Matheus Silva. Antes de aterrissar em solo ribeirão-pretano, o jogador de 22 anos atuava pelo FK Belasica, time da Macedônia. Contrato do jogador vai até o final do Paulista A3 2020.

Matheus Silva tem 1,94m e começou no Porto, do Acre, em 2015. Depois teve passagens pelo time B do Porto de Portugal (2016), Cruzeiro, Coimbra (2017), Real Ariquemes e Novorizontino (2018).

Uma característica que chama atenção do atacante, além da altura, é a forte personalidade. O jogador não tem papas na língua e deixou bem claro o que pretende, ter sequência de jogos para mostrar a sua capacidade. Antes de ser contratado, Matheus ficou um período treinando no clube, na pré-temporada da Copa Paulista.

“Estou muito feliz de estar no Comercial, um clube que abriu as portas parta mim e tem uma tradição muito grande. Eu queria chegar aqui e ter uma sequência no Brasil, como joguei e fui formado na Europa, joguei pouco aqui. E acho que chegou o momento de eu ficar no país e ter uma sequência de jogos. O Comercial fez um esforço muito grande para eu estar aqui e sou muito grato a eles. Agora é comigo. É trabalhar dentro do campo e me esforçar todos os dias. Tenho a tranquilidade, porque sei da minha capacidade”, disse Matheus.

O atacante também elogiou o técnico Roberval Davino e disse que o Leão do Norte merece a elite do futebol. “Eu conheço o Roberval a pouco tempo e para mim se tornou um pai. É um cara que consegue gerar muito bem o grupo de atletas. Para mim ele é um cara que entende muito de futebol. Todos aqui são bom coração. O Comercial é um time muito tradicional, jogou várias vezes na elite do Paulista. E pela estrutura e torcida que tem, merece mais do que a A3”, comentou Matheus.

Matheus se espelha no atacante Paolo Guerrero, Internacional, e aposta na visibilidade do futebol paulita para alçar voos maiores. “São Paulo é a maior vitrine que tem. Já vi jogadores saindo do interior paulista e agora estão muito bem na Ásia, principalmente da Copa Paulista. Aqui é um excelente lugar para eu mostrar aonde eu posso chegar, pois em nenhum clube eu tive a oportunidade de sequência de jogos”, concluiu o atacante.

Nenhuma postagem para exibir