Ricardo Aguiar, secretário de Esportes de Ribeirão e técnico da seleção brasileira de caratê

Comandado por Ricardo Aguiar, que é secretário do Esporte de Ribeirão Preto, a equipe de caratê do Brasil conquistou sete medalhas nos Jogos Pan-Americanos, que aconteceram em Lima, no Peru. No total, a equipe brasileira conseguiu um ouro, duas pratas e quatro bonzes.

A campanha é melhor que a de 2015, no Pan de Toronto, até então a melhor do País. “Estar à frente da Seleção Brasileira de Karate e ajudar o Brasil a conquistar a segunda colocação geral nos Jogos Pan-Americanos de Lima, com recorde de medalhas, é motivo de muito orgulho para mim”, disse.

Aguiar ainda fez questão de ressaltar os atletas brasileiros, que conquistaram metade das 14 medalhas em disputa nos Jogos. “Uma grande evolução da nossa equipe que fortalece ainda mais a corrida pela vaga olímpica para o Karate brasileiro nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020”, informou.

Campanha Brasil

A campanha do Brasil no Pan de Lima foi a melhor da história do Jogos. Foram 171 conquistadas, contra as 157 conseguidas em 2007, no Pan do Rio de Janeiro. O país também superou as 52 medalhas de ouro de 2007 ao levar 55 este ano e, pela segunda vez na história, ficou com a segunda colocação geral no quadro de medalhas, perdendo apenas para os Estados Unidos.