Com nova derrota, Argel Fuchs deixa o Botafogo

Anuncio foi feito neste sábado (18), após Pantera perder por 2 a 1 para o Figueirense, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C

Treinador comandou o Pantera em 24 partidas entre Campeonato Paulista e Campeonato Brasileiro da Série C Foto: Divulgação / Botafogo

Após o Botafogo perder para o Figueirense, neste sábado (18), pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, o time anunciou oficialmente a demissão de Argel Fuchs. Com a saída do treinador, Samuel Dias assume interinamente o comando técnico da equipe. 

Fuchs assumiu o Tricolor no início de abril. O treinador comandou o Pantera em 24 partidas entre Campeonato Paulista e Campeonato Brasileiro da Série C e obteve oito vitórias, nove empates e sete derrotas. “O Botafogo agradece a Argel Fuchs e também ao seu auxiliar técnico Galego pelos serviços prestados e deseja aos profissionais boa sorte em seus futuros desafios”, escreveu o time em nota.

Derrota

O Botafogo perdeu do Figueirense por 2 a 1, no Estádio Santa Cruz. Com o resultado, o Tricolor ocupa agora a sétima posição com 21 pontos – nove a menos do que o Criciúma, quarto colocado que já assegurou a classificação para a segunda fase da competição.

Agora, o Pantera volta a campo pelo torneio no próximo sábado (25), quando encerra sua participação diante do Ituano, às 17h, no Estádio Novelli Júnior, em Itu. Antes, o Botafogo disputa o clássico Come-Fogo, na terça-feira, às 15h, no Estádio Santa Cruz.

Com o resultado, o Tricolor ocupa agora a sétima posição com 21 pontos Foto: Divulgação / Botafogo

O jogo

O Botafogo entrou em campo com modificações no gol, meio de campo e ataque. No gol, Igor Bohn substituiu Caio, que sentiu uma lesão durante a semana. Já o meio de campo teve o retorno de Rafael Tavares no lugar de John Everson, enquanto Dudu entrou no ataque na vaga de Ariel.

Com essa formação, o Tricolor começou pressionando e criou boas oportunidades. Aos 3 minutos, Rodrigo cruzou da direita e Caetano cabeceou para fora. Cinco minutos depois, Rafael Tavares enfiou para Dudu, que se esticou inteiro e colocou por cima do travessão. Pouco depois, Pará cobrou escanteio e Yan Victor cabeceou no canto para excelente defesa de Rodolfo Castro.

Porém, o Figueirense foi mais efetivo e abriu o placar na primeira oportunidade. Aos 13 minutos, Diego Tavares apareceu livre, driblou Igor Bohn e mandou para as redes.

Pouco depois, o time catarinense quase ampliou com Gustavo Índio, mas o goleiro Igor Bohn fez boa defesa.

O Pantera voltou a assustar aos 41 minutos, quando Rafael Tavares bateu de fora da área e a bola passou raspando a trave.

No segundo tempo, Argel voltou com três alterações. Gabriel Tocantins, Martineli e Luketa entraram nos lugares de Yan Victor, Pará e Caetano, respectivamente.

Logo aos 3 minutos, Bruno Santos arriscou de fora da área e carimbou o travessão. No minuto seguinte, Rodrigo cobrou falta da entrada da área e Rodolfo Castro fez excelente defesa.

No contra-ataque, o Figueirense ampliou com Diego Tavares, que recebeu livre e desviou para o gol: 2 a 0.

Perdendo a partida, o Botafogo se lançou para o ataque e deu espaço para o rival, que desperdiçou duas chances.

Aos 38, Diego Guerra completou de cabeça uma cobrança de escanteio e diminuiu.

O Pantera ainda buscou o empate, mas não conseguiu.

Nenhuma postagem para exibir