Botafogo x Paraná: vencer para embalar e não voltar para o Z-4!

Com o objetivo de conquistar a segunda vitória consecutiva e subir na tabela de classificação, o Botafogo enfrenta o Paraná Clube nesta sexta-feira (2), às 21h30, no Estádio Santa Cruz, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Ocupando a décima sexta posição no campeonato, com 11 pontos, o Tricolor precisa vencer para não retornar para a zona de rebaixamento. A novidade será a estreia do novo uniforme comemorativo aos 102 anos do clube. O Paraná é segundo colocado com 22 pontos.

O lateral direito Jeferson pode ser a novidade no time. O atleta não atuou nas últimas partidas por sentir um desconforto muscular, e por isso, passou um período no trabalho de recuperação. 

No histórico dos confrontos, o Pantera tem uma vitória, contra três do time paranaense. O duelo ainda registra um empate.

No ano passado, os times se enfrentaram em duas oportunidades. No primeiro turno, o Botafogo perdeu para o Paraná por 1 a 0, em casa. No returno, a partida terminou empatada por 3 a 3.

Com uma lesão no joelho direito, o zagueiro Fabrício é uma baixa confirmada no Paraná. Hurtado será a opção para a vaga. O outro defensor considerado titular, o colombiano Salazar, sentiu dores musculares no último confronto e também não viajou para Ribeirão Preto. Roberto, que estreou com a camisa paranista diante da Chapecoense, será o titular.

O Grupo Thathi de Comunicação transmite o jogo a partir das 20h30, através da Multiplataforma: rádios, tv e internet. A narração será de Jorge Vinicius, com Diego Barban e Weber Lima nos comentários e Corrêa Júnior nas reportagens. Sergio Degrande comanda os programas antes e depois da partida. 

Local: Estádio Santa Cruz – Ribeirão Preto – SP.
Horário: 21h30.
Árbitro:  Wanderson Alves de Sousa (MG).
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Celso Luiz da Silva (MG).

Transmissão: Grupo Thathi de Comunicação ( Thathi FM 91,3 e Rádio 79 AM 590 )


Botafogo-SP: 

Darley; Val ( Jeferson), Robson, Jordan e Gilson; Naldo, Victor Bolt e Matheus Anjos; Ronald, Wellington Tanque e Rafinha. Técnico: Claudinei Oliveira. 

Paraná: 

Alisson; Paulo Henrique, Roberto, Hurtado e Jean Victor; Jhony Douglas; Higor Meritão e Renan Bressan; Andrey, Gabriel Pires e Bruno Gomes. Técnico: Allan Aal.

Nenhuma postagem para exibir