Botafogo se complica e acaba derrotado em casa pelo Figueirense

Partida ocorreu na tarde desta sábado no Santa Cruz e Pantera foi derrotado por 1 a 0

Matheus Anjos com a bola durante partida do Botafogo - Foto: Agência Botafogo

O Botafogo perdeu do Figueirense por 1 a 0, neste sábado (29), no Estádio Santa Cruz, pela quinta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor permanece com seis pontos e ocupa a nona posição na competição.

A equipe volta a campo no próximo sábado (29), às 11h, quando enfrenta o Juventude no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O treinador Claudinei Oliveira deverá contar com os retornos do lateral esquerdo Gilson e do volante Naldo, que estavam entregues ao departamento médico, e de Rafinha, poupado. O atacante Ronald, que se recupera de Covid-19, também poderá estar à disposição.

A partida

Com o retorno de Matheus Anjos e o volante Victor Bolt, o Botafogo começou tentando se impor diante do Figueirense. Assim, chegou três vezes com perigo até os 15 minutos.

Na primeira, Matheus Anjos arriscou da intermediária e Sidão defendeu. Logo depois, o camisa 10 cobrou falta na cabeça de Wellington Tanque, que desviou e acertou a trave do goleiro rival. Na sequência, Val ainda arriscou de fora da área e Sidão defendeu.

O Figueirense tentava sair para o jogo e apostava nas jogadas pela lateral e nos cruzamentos para a área, mas a defesa botafoguense neutralizava.

Melhor em campo, o Pantera quase abriu o placar aos 37 minutos, quando Luketa cruzou na cabeça de Wellington Tanque que, livre, mandou para fora. Nos acréscimos, o Figueirense ameaçou com Marquinho, que também de cabeça quase abriu o placar. A bola passou raspando a trave de Darley.

Sem perdão

No segundo tempo, o Botafogo tentou impor novamente o ritmo, mas o Figueirense nos contra-ataques ameaçava. Num desses lances, o volante Elicarlos perdeu a bola em jogada boba e o time catarinense fez 1 a 0. A bola foi lançada para Keké, que já havia perdido uma oportunidade cara a cara com a meta panterina, não desperdiçou, tocou por cima de Darley.

Perdendo o jogo, Claudinei Oliveira fez três alterações. Reginaldo entrou no lugar de Róbson, Ferreira na vaga de Elicarlos e Murilo Oliveira substituiu Luketa.

No primeiro lance após as substituições, Tanque cruzou para Murilo Oliveira, que não alcançou na pequena área.

O Pantera ainda criou boa chance com Tanque novamente. Após cobrança de escanteio, o camisa nove cabeceou e o Sidão fez excelente defesa.

O Botafogo continuou insistindo, mas não conseguiu chegar ao gol de empate. Já o Figueirense ameaçava nos contra-ataques, e chegou a perder nova oportunidade cara a cara com Darley, em jogda que a zaga cortou.

Desorganizado e sem forças, o Tricolor tentava em jogadas individuais, sem sucesso, sacramentando a segunda derrota em três jogos pela equipe dentro de sua casa.

Nenhuma postagem para exibir