Botafogo perde mais uma e começa a ser ameaçado pela zona do rebaixamento

Time perdeu em casa, por 2 a 0, para a Aparecidense e está a um ponto da zona da degola

Jogando em casa, em pleno estádio de Santa Cruz, o Botafogo perdeu na noite desta segunda-feira (13), para a equipe da Aparecidense, pela décima rodada do campeonato brasileiro da série C. É a terceira partida do time sob o comando do técnico Paulo Baier, que coleciona, até o momento,  um empate e duas derrotas.

O Pantera está com 11 pontos ganhos e ocupa a décima quarta colocação na tabela de classificação, um ponto a mais do que o Confiança, o quarto colocado da chamada “zona da degola”, ou “zona do rebaixamento”.

Ao final da partida, houve protesto dos torcedores que foram ao estádio e exigiram mais empenho por parte dos atletas e da comissão técnica.

O JOGO

Com a ausência de quatro jogadores, o técnico mudou o sistema de defesa e meio campo da equipe. Na lateral, houve a estreia do recém-contratado Vidal e Gustavo Henrique foi colocado no miolo da zaga, ao lado de Marcel. O meio de campo também foi diferente, com John Everson e Thiaguinho.

Desentrosado e perdido, o Botafogo viu crescer o adversário, que estreava o novo técnico, o ex-treinador do Pantera, Moacir Júnior. Ainda na primeira etapa, aos 21 minutos, depois da cobrança de escanteio, Ricardo Lima abriu o placar para o time  goiano. E administrou o restante do tempo.

Na segunda etapa, depois de fazer três alterações, o Botafogo voltou com mais disposição e vontade. Abriu mão das jogadas somente pelas laterais e pressionou o time adversário, que conseguia aplacar o ímpeto dos botafoguenses. Em menos de três minutos, o lateral Marlon, do Botafogo recebeu dois cartões amarelos e acabou expulso de campo. Com um a menos, o time de Ribeirão teve que se esforçar ainda mais para tentar o empate.

No entanto, o que já era ruim, ficou ainda pior. Aos 37 minutos do segundo tempo, Joãozinho da Aparecidense emplacou mais um gol para o time adversário, afogando todas as chances de reação do time de Ribeirão Preto.  O placar final espelhava o que era o time do Botafogo: desanimado e entregue.

O Botafogo entrou em campo e perdeu com a seguinte formação: Deivity; Vidal (Marlon), Gustavo Henrique, Marcel e Jean Victor; John Everson (João Lucas), Fillipe Souto e Gustavo Xuxa ; Kadu Barone, Thiaguinho (Dudu) e Tiago Reis (Lucas Delgado). Técnico: Paulo Baier A Aparecidense entrou em campo e venceu com a seguinte formação: Weverton; Luan Sales, Lucas Gazal, Ricardo Lima e Rodrigues; Rodriguinho(Derli) , Renato e Robert (Rafa Marcos); Cardoso (Joãozinho), Alex Henrique e Gilvan (Felipe Menezes) Técnico: Moacir Júnior. A próxima partida do Pantera será no domingo (19), às 17 horas, na cidade de Salvador, contra o time do Vitória.

Fotos: João Victor Menezes/Agência Botafogo

Nenhuma postagem para exibir