Botafogo empata, se livra da degola e vai disputar troféu interior

Nesta quinta-feira (6), o time empatou com o Novorizontino por 2 a 2, no Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela penúltima rodada do Campeonato Paulista

Foto: Divulgação

O Botafogo empatou com o Novorizontino por 2 a 2, nesta quinta-feira (6), no Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte, pela penúltima rodada do Campeonato Paulista.

Com o resultado, o Tricolor se manteve na 12ª colocação, com 11 pontos. O time está na terceira posição do Grupo 1 –quatro pontos a menos do que a Inter de Limeira.

Com o empate, o Pantera confirmou sua permanência na elite do Paulistão e agora disputará o Troféu do interior, que garante ao campeão uma vaga na Copa do Brasil.

Antes do Troféu do Interior, o Botafogo enfrentará, neste domingo (9), o Red Bull no Estádio Santa Cruz. O horário da partida será confirmado nesta sexta-feira pela FPF (Federação Paulista de Futebol).

O jogo

Com o objetivo de conquistar a segunda vitória consecutiva na competição, o treinador Argel Fuchs manteve praticamente a mesma formação do último jogo. A única mudança foi a entrada de Pará no lugar de Martineli.

Assim, o Botafogo entrou em campo buscando o ataque. Com menos de cinco minutos, o Pantera ameaçou duas vezes. Logo no primeiro ataque, Neto Pessôa desviou de cabeça para Richard, que finalizou para fora. Na sequência, Marlon fez boa jogada pela direita e cruzou para Neto Pessôa, que dominou, virou e bateu para defesa de Giovanni.

Quando o Botafogo estava melhor em campo, o Novorizontino abriu o placar. Aos 15 minutos, Cléo Silva recebeu na entrada da área e chutou cruzado: 1 a 0.

Após o gol, o Tricolor encontrou dificuldades para chegar ao ataque. O time ainda perdeu o atacante Richard, contundido. Argel colocou Martineli.

No segundo tempo, o Novorizontino voltou melhor, porém, não ameaçava o Pantera, que perdeu o volante Emerson, lesionado.

Assim, Victor Ramos foi improvisado no meio de campo e Matheus Santos entrou para formar dupla com Fabão. Aos 16 minutos, Victor Ramos começou a jogada. A bola sobrou para Martineli, que cruzou na cabeça de Neto Pessôa. O centroavante testou forte e deixou tudo igual: 1 a 1.

Cinco minutos depois, Rodrigo foi no fundo e cruzou para Martineli bater de primeira e virar o marcador. Foi o primeiro gol do camisa 16 como profissional.

Com a vantagem no placar, o Pantera apostou nos contra-ataques. O clube segurou o resultado até os 46 minutos, quando sofreu o gol de empate numa cobrança de pênalti de Guilherme Queiróz. Final de jogo: Novorizontino 2 x 2 Botafogo.

Nenhuma postagem para exibir