Foto: Thiago Toledo / Ponte Press

O Botafogo acertou, na tarde desta quarta-feira (15), a contratação do atacante que vinha buscando para suprir a lacuna deixada por Pimentinha, que se transferiu para o Paysandu-PA. Depois de duas tentativas frustradas, a diretoria do Tricolor conseguiu chegar a um acordo dessa vez com Júlio César, 24, que estava na Ponte Preta. O clube também estava na mira de clubes como Coritiba, Atlético-GO e Vitória-BA, porém o Tricolor conseguiu armar uma estratégia para convencer o atleta a vir para Ribeirão Preto.

Júlio César tem o passe vinculado a Chapecoense-SC e estava emprestado à Ponte Preta desde o último Campeonato Paulista. Na semana passada, o jogador pediu para deixar o time de Campinas. Segundo informações apuradas pela reportagem, Júlio César estaria descontente por causa de estar com salário atrasado e por causa da pressão dos torcedores.

Na quarta-feira (8), o diretor executivo de futebol do Botafogo, Léo Franco, esteve pessoalmente em Campinas e tratou dos detalhes da negociação com o jogador e encaminhou o acerto com o Pantera. O vice-presidente do clube, Osvaldo Festucci, também se envolveu diretamente nas negociações. No ano passado, o Tricolor abriu negociações para tentar contratar Júlio César, porém ele se transferiu para o Atlético-GO. Já durante o último Paulistão, Júlio César ficou muito próximo de ser anunciado como reforço, mas de última hora optou pela Ponte Preta.

Quem também ajudou no processo de convencimento do atleta foi o atacante Erick Luis. O camisa 28 do Pantera é amigo de Júlio César e ambos atuaram juntos pelo Oeste, em 2017, e com Roberto Cavalo no comando técnico. “O Júlio César é um jogador espetacular, um jogador de grupo, e tive até a oportunidade de falar com ele pelo Whatsapp e Instagram. Falei para ele vir para o Botafogo para ajudar a gente. O Júlio é um amigo que eu tenho, então tento ajudar ao máximo. Ele me perguntou como é aqui e falei tudo sobre o clube, a cidade que é maravilhosa e as pessoas recebem bem quem vem de fora”, disse.

Erick Luis também reforçou a Júlio César que o ambiente do Botafogo também seria favorável à chegada dele. “Nosso grupo aqui é muito bom e não adiante você ir para um time que não tem um grupo. Você vai para um time que tem vários jogadores, treina e volta para casa e fica apenas nisso. Aqui no Botafogo é diferente e você tem uma família, acredito que meu contato com ele pode ter sido determinante e tenho certeza que o Júlio vai ajudar muito o Botafogo.”

Na temporada passada, Júlio César viveu um de seus melhores momentos. Atuando pelo Atlético-GO, ele disputou 45 jogos e balançou as redes em oito oportunidades. O atacante também passou por clubes como Caxias-RS, Inter de Lages-RS, ABC-RN e Paraná-PR.

Júlio César já está na cidade, deve se apresentar para treinar pela primeira vez com o elenco na tarde desta quinta-feira (16), no Estádio Santa Cruz, e terá contrato com o Tricolor até o final do ano vindo por empréstimo da Chapecoense-SC.