Botafogo anuncia Wagner Lopes como treinador

Técnico passou pelo Pantera em 2014: data da apresentação não foi definida

Wagner Lopes, treinador do Botafogo, comandou a equipe em 2014 - Foto: Agência Botafogo

O Botafogo já tem um novo treinador para a temporada 2020. Neste sábado (30), o Tricolor acertou com Wagner Lopes, 50, que já trabalhou no clube em 2014 durante o Campeonato Paulista da Série A1.

Continua depois da publicidade

Wagner Lopes começou a conversar com a diretoria botafoguense na semana passada —logo após o técnico Hemerson Maria ser comunicado que não teria seu contrato renovado para o próximo ano.

Ele chega junto com o auxiliar técnico Sandro Rosa, que sempre o acompanhou nas últimas equipes.

Nesta temporada, Wagner Lopes dirigiu o Atlético-GO, onde sagrou-se campeão goiano. Na Série B do Brasileiro, o técnico comandou o clube até a 31ª rodada. Na oportunidade, o time goiano ocupava a terceira colocação.

Wagner Lopes vai dirigir o Botafogo pela segunda vez na carreira. Na primeira, em 2014, o Tricolor terminou a primeira fase do Campeonato Paulista na liderança de seu grupo, mas foi eliminado pelo Ituano nas quartas de final.

No total, ele conquistou nove vitórias, dois empates e obteve cinco derrotas.

A data da apresentação do novo treinador botafoguense ainda não foi definida.

CARREIRA

Além do Botafogo e do Atlético-GO, Wagner Lopes já passou também pelo Joinville, Paraná, Bragantino, Sampaio Correa, Goiás, Criciúma, Paulista, São Bernardo e Albirex Niigata (JAP).

Antes de se tornar treinador, Wagner Lopes também foi jogador profissional. Revelado nas categorias de base do São Paulo, ele se transferiu para o futebol japonês, onde atuou pelo Yokohama Marinos, Kashiwa Reysol, Honda FC, Nagoya Grampus, Shonan Bellmare, FC Tokyo e Avispa Fukuoka, seu último clube em 2002.

Ele se naturalizou japonês e defendeu a seleção do Japão na Copa do Mundo-1998.