Vídeo| Secretário Geral da Aproferp responde alegações do Secretario da Educação

Leonardo Sacramento reforça a importância da participação da Aproferp, bem como da câmara, na comissão do PME

Leonardo Sacramento, secretário geral da Associação dos Profissionais da Educação de Ribeirão Preto, em entrevista exclusiva para o Grupo Thathi, respondeu a alegação do Secretário da Educação Felipe Elias Miguel, de que a entidade estaria inapta para seu pleno funcionamento e por esta razão não teria sido incluída na comissão da construção do Plano Municipal da Educação.

Segundo Leonardo, a declaração de inatividade da Receita Federal, é decorrência da não declaração do Imposto de Renda pela em entidade em função de um problema com o contador, porém, de acordo com o Código Civil Brasileiro, a Aproferp está legalmente regulamentada. “Ele utilizou um argumento absolutamente patético vinculado à Receita Federal, de uma declaração de Imposto de Renda que está sendo feita neste exato momento, para tentar retirar a associação de uma comissão que ela participa desde 2015” disse.

Foi convocado, pelo promotor, uma reunião com o secretário da educação, a associação, o conselho municipal da educação e os representantes dos vereadores que compõe a comissão da educação, para o estabelecimento de um acordo entre as partes. Para Leonardo, nesta ocasião, o secretário teve uma postura desrespeitosa, motivado por questões políticas.

A Aproferp apresenta um histórico de participação da formulação e reformulação do Plano Municipal da Educação, desde 2015. Assim, Leonardo acredita que a participação da associação, bem como da câmara municipal, na comissão que dará continuidade ao plano de 2015 é essencial para garantir que esse processo seja respeitado.

Veja o vídeo

Nenhuma postagem para exibir