Escola de Ribeirão Preto ensina empreendedorismo a alunos do ensino fundamental

Estudantes de 13 a 15 anos da Escola Concept tiveram uma semana para identificar um problema social e criar um produto para resolvê-lo

Alunos da escola Concept durante evento na Pluris: parceria no empreendedorismo - Foto: Divulgação

Uma experiência inovadora na área da educação em Ribeirão Preto está plantando as primeiras sementes do empreendedorismo em alunos do 8º e 9º ano. O projeto, chamado Design Sprint Week, faz parte de uma parceria da Escola Concept e da Pluris Aceleradora, ambas pertencentes ao Grupo SEB.

A objetivo é fazer com que os estudantes, que têm entre 13 e 15 anos, tenham uma semana para fazer com que as suas ideias possam sair do papel e se tornem produtos completos, com a finalidade de gerar impacto social e melhora da qualidade de vida dos moradores de uma comunidade, região ou país.

“O que nós pretendemos com esse evento é trazer não apenas a vertente de empreendedorismo, mas apostar em uma linha de trazer, para adolescentes, processos de identificar e resolver problemas, além de mostrar como a criatividade e rapidez, nesse processo, gera resultados”, afirmou Fred Azevedo, diretor da Concept Ribeirão.

A Design Sprint Week teve início no final do mês passado, quando os alunos começaram a se reunir em grupos e a receber as primeiras noções de como transformar uma ideia em algo concreto, capaz de transformar vidas. A grande final ocorreu sexta-feira (4), quando eles apresentaram os produtos resultantes para uma banca avaliadora, no Instituto SEB.

Entre os projetos apresentados pelos grupos estão ideias ligadas à coleta de lixo eletrônico, o mapeamento das necessidades de diversas regiões da cidade, com a criação de uma aplicativo que permita às pessoas apontarem o que falta nos seus locais de moradia, lazer ou trabalho, a criação de processos para a introdução de tecnologia nas escolas públicas – seja através do uso de internet ou pelo treinamento de professores, entre outros.

Parceria

O pré-requisito para a apresentação dos projetos é que todos estivessem dentro do conceito de cidades inteligentes. A partir daí, os alunos puderam escolher entre as vertentes de sustentabilidade, educação e mobilidade. Todo o processo foi acompanhado por profissionais da Pluris. “Esse é um projeto que está totalmente alinhado com nossos objetivos. A ideia é incentivar o trabalho de competências empreendedoras desde a fase escolar. Assim, a inovação chega às grades curriculares e torna os alunos ainda mais preparados para o mercado”, explica Eduardo Cassago, gerente de aceleração da Pluris.

De acordo com Fred Azevedo, a Design Sprint Week também é o kick off para a parceria entre as duas empresas do Grupo SEB. Pois a partir do ano que vem, o projeto fará parte do programa do Ensino Médio.