Covid-19 | Escola particular é lacrada após abertura irregular em Ribeirão Preto

Essa é a segunda escola fechada na cidade por desrespeitar as normas de retomada das aulas presenciais

Imagem Ilustrativa - Foto: PixaBay.

Um escola particular de ensino infantil, localizada no bairro Jardim Sumaré, foi lacrada, nesta terça-feira (29), após o descumprimento do decreto que suspende a realização de atividades presenciais em Ribeirão Preto.

Segundo informações, essa é a segunda escola fechada na cidade por desrespeitar as normas de retomada das aulas presenciais. As escolas particulares, de acordo com o Governo Estadual, só poderão reabrir presencialmente caso a região de Ribeirão Preto fique por 28 dias consecutivos na fase amarela de classificação do Plano São Paulo.

Participaram do fechamento da escola a supervisão de ensino da secretaria municipal de Educação, o Ministério Público, a Fiscalização Geral, a Vigilância Sanitária, o Corpo de Bombeiros e a Guarda Civil Metropolitana. Segundo Naul Felca, promotor do Grupo de Atuação Especial da Educação do Ministério Público, a escola não possuía a documentação necessária para o funcionamento. 

No momento em que a fiscalização chegou ao local, haviam 16 crianças na escola, com idades entre seis meses e dois anos. Os pais e responsáveis dos alunos foram chamados para buscá-los.  

Os responsáveis pela escola foram autuados pelos órgãos presentes na fiscalização, mas afirmaram que pretendem recorrer do fechamento da instituição de ensino na Justiça.  

Denúncias

As denúncias podem ser realizadas através do e-mail ao Geduc (geduc.nrp@gmail.com) ou para a secretaria da Educação pelo número de telefone (16) 3977-9100.  

Nenhuma postagem para exibir