Advogada prepara livro que traz normas e curiosidades sobre o Direito Ambiental

A obra vem com uma linguagem leve e descomplicada da sustentabilidade e terá a participação do relator do Código Florestal, Aldo Rebelo, além de histórias nunca contadas

A advogada e especialista em Direito Ambiental, Samanta Pineda, irá lançar no final do ano o seu primeiro livro e já vem trabalhando no conteúdo. “Descomplicando o Direito Ambiental” é o título da obra, que vem para esclarecer normas de forma prática e com soluções para desenvolver uma vida mais sustentável. 

A obra vai contar como foram desenvolvidas as principais leis ambientais, como a política influencia essas leis e, porque, do ponto de vista da legislação, o Brasil é o País mais sustentável do planeta, porém, exteriormente, é um dos países com mais críticas ambientais.

Entre os tópicos do livro estão assuntos nunca divulgados, como a história da elaboração da lei da mata atlântica e negociações entre os setores produtivos e ambientais no País. 

“Foram quatorze anos de negociação entre o setor produtivo e o setor ambiental e, quando chegou a hora de sancionar a lei, o setor produtivo foi traído e a parte que eles colocaram não entrou na lei. Isso é uma coisa que ninguém sabe, e vou contar essa história no livro.”, adianta Samanta.

A obra terá algumas participações especiais, como de Aldo Rebelo, que é relator do Código Florestal, além de entrevistas com pessoas importantes do movimento ambientalista e do setor produtivo.

A advogada ainda diz que, a ideia central do livro é ser um colaborador modesto para execução e consecução de paz, já que entre as propostas estão a instrução e a conscientização. “Eu quero deixar um legado e entendo que o mundo já entrou em guerra por território, por ouro, por petróleo, por milhões de coisas, mas nós temos uma premência de paz mundial e, para isso, a gente precisa ter segurança alimentar e hídrica, pois sem comida e sem água, vai ter guerra.”, explica a autora Samanta Pineda

Nenhuma postagem para exibir