Abertura de inscrições para o ano letivo causa fila no Cristo Redentor

São 1036 vagas disponíveis na escola e as aulas estão previstas para iniciarem em 3 de fevereiro de 2020

Fila para abertura dos portões da creche no bairro Cristo Redentor - Foto: Redes Sociais

A Secretaria da Educação de Ribeirão Preto abriu, nesta segunda-feira (4), as inscrições para crianças de 0 a 5 anos na EMEI/CEI Cristo Redentor, referente ao ano letivo de 2020. As filas estavam grandes e houve muitas reclamações dos pais de alunos.

Continua depois da publicidade

Segundo informações de mães que estavam no local, a fila começou a ser formada por volta das 5h30 da manhã e havia cerca de 100 mães aguardando a abertura do portão, que estava previsto para às 8h, mas houve atraso e confusão.

Em nota, a secretaria informou que a inscrição pode ser realizada na própria escola, localizada na Rua Zilda de Faria, 805, a partir de hoje até o dia 29 de novembro, no horário das 8h às 12h e das 12h às 17h. Para se inscrever, os pais devem levar a certidão de nascimento do aluno e comprovante de residência.

“Fizemos a inscrição no Poupatempo e eles mandaram para as escolas próximos do bairro, minha filha de 3 anos está aguardando vaga, mas até agora nada de concreto. A população aqui é muito grande e tem uma pessoa só atendendo lá dentro para uma demanda tão grande, para o bairro com mais de 30 mil habitantes. Tá muito complicada a situação”, disse uma mãe que estava aguardando na fila.

Em entrevista durante o programa Conectado, o secretário da educação, Felipe Elias Miguel, disse que mais um funcionário chegou para ajudar no atendimento e são 1036 vagas disponíveis. “Nossa expectativa é que essas mães tenham realmente essas vagas garantidas”, disse o secretário.

Ele disse ainda que para o horário, eles não esperavam a quantidade de pais de alunos com a quantidade de vagas disponíveis.

“Normalmente, para mil vagas a gente não imaginou que para às 8h todas as mães procurassem aqui. É uma grande quantidade, por isso que às 8h a gente já tinha designado uma segunda equipe para auxiliar nos trabalhos. Já estamos reorganizando aqui dentro a fila para dar mais conforto e todas as mães serão atendidas num curto espaço de tempo.”

Segundo Miguel, as aulas estão previstas para ter início em 3 de fevereiro, “é uma expectativa bem consistente e estamos trabalhando para isso”.