A vida imita a arte? Mensagens de um suposto massacre põe em alerta uma escola pública em Ribeirão Preto

A ameaça baseada no filme “Jogos Mortais” mobilizou diretores, professores, policiais, pais e alunos da Escola Estadual Thomaz Alberto Whately

O que poderia ser uma frase despretensiosa, típica de adolescentes, acabou gerando um problema assustador, que envolveu não só o corpo docente e discente da instituição, como também os pais e até a polícia. 

Mensagens conclamando para um suposto massacre, que ocorreria nesta quinta-feira (5), às 10h, escritas no banheiro masculino da Escola Estadual Thomaz Alberto Whately, nos Campos Elísios, beirou ao pânico.  

A diretoria da escola mobilizou todos esforços para conter qualquer ato de violência que pudesse advir. Além de apagar as mensagens, baseadas no filme “jogos Mortais”, a polícia também foi avisada e garantiu a normalidade das aulas, na manhã desta quinta-feira (5). Segundo pais de alunos, infelizmente essa não é a primeira vez que ameaças deste nível acontecem nas escolas públicas.  

As autoridades educacionais e policiais estão monitorando esses atos e acompanhando de perto para evitar qualquer problema grave. No Thomaz Alberto, as aulas acontecem normalmente.  

Nenhuma postagem para exibir