IPM tem contas de 2017 aprovadas pelo TCE

Período se refere ao primeiro ano da atual gestão do Instituto de Previdência dos Municipiários

foto: Alexandre de Azevedo
Continua depois da publicidade

A equipe do IPM (Instituto de Previdência dos Municipiários) recebeu nesta terça-feira, 12 de maio, notificação sobre a decisão do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo – TCE/SP que aprovou as contas do instituto referentes ao ano de 2017, o primeiro da atual gestão.

“Com todos os nossos problemas financeiros e atuariais, para os quais temos buscado sempre boas soluções, ter aval do Tribunal é, sem dúvida, motivo de muita comemoração e agradecimento a todos os servidores, conselheiros, colegas secretários e Prefeito, que muito contribuíram para o feito”, disse a superintendente do IPM, Maria Regina Ricardo.

Segundo informado pelo setor jurídico do instituto, a gestão financeira do IPM é avaliada anualmente pelo TCE, por meio de um relatório de auditoria, com análise de todas as contas, práticas adotadas e cumprimento dos aspectos legais vigentes.

A aprovação das contas significa, portanto, que o órgão fiscalizador entendeu existirem boas práticas de gestão financeira, eficiência e responsabilidade na utilização das verbas públicas, o que traz confiança para os beneficiários do IPM.

Nenhuma postagem para exibir