Servidores podem aderir a proposta de reposição da greve até quarta-feira

Prazo foi estendido para quem não aderiu à proposta

Foto: Reprodução Grupo Thathi.
Continua depois da publicidade


O prazo para a adesão dos servidores sobre a proposta de reposição dos dias não trabalhados durante a última greve do funcionalismo municipal, foi reaberto e termina nesta quarta-feira (12).
Para os servidores que perderam o prazo inicial, encerrado no último sábado (9) e tem interesse na reposição, a Comissão de Política Salarial atende a solicitação de quem manifestar interesse. Foram 2.317 servidores que participaram da greve, 2.005 já aceitaram a proposta.
Os interessados devem acessar o Canal do Servidor com o login e senha do holerite. Ao acessar a página, o servidor poderá ver os dias e horas não trabalhados e o valor correspondente ao desconto do salário, que apenas ocorrerá caso o interessado não aceitar a proposta de reposição.
Cada secretaria ou órgão municipal deverá publicar uma instrução normativa esclarecendo a definição de um calendário próprio para a reposição dos dias parados, que deverá ser cumprido até o final de 2019.
A proposta de reposição dos dias parados não é obrigatória, mas quem não aceitar dentro do prazo estabelecido, terá os valores descontados do salário.
Para aceitar a proposta, o servidor deverá declarar conhecimento dos termos, preencher o campo no final do documento e confirmar o envio. A adesão não poderá ser alterada após a confirmação da resposta.