Semáforo com defeito prejudica travessia de deficientes visuais

Equipamento que emitia sinal sonoro fica na frente da Associação dos Deficientes Visuais de Ribeirão Preto

Assistidos e funcionários da Associação dos Deficientes Visuais de Ribeirão Preto (Adevirp) estão preocupados com a falta de manutenção em um semáforo instalado em frente à entidade, na avenida Leais Paulista, no Jardim Irajá. O equipamento que está quebrado emitia um sinal sonoro para orientar o momento correto da travessia.

Segundo a presidente da Adevirp, Marlene Taveira Cintra, a utilidade do semáforo é essencial para os assistidos do local, já que falta do equipamento interfere diretamente na independência dos deficientes visuais. “Em Ribeirão só temos três semáforos como esse. Com um quebrado, fica bem difícil”, explica.

Além de cobrar pelo conserto do aparelho na Leais Paulista, Marlene também acredita que a instalação de mais semáforos como esse em outros pontos de grande fluxo seria um grande passo para a melhoria na mobilidade dos deficientes visuais na cidade.

Procurada, a Transerp informou por meio de nota que já enviou uma equipe para realizar os reparos necessários e disse que o equipamento em questão apresentou falhas devido às fortes chuvas da semana passada.

Sobre a instalação de mais semáforos do tipo, não se pronunciou.