Manifestação leva mais de 10 mil pessoas às ruas de Ribeirão Preto

No ato houve um minuto de silêncio a policiais militares mortos no último mês

Na manhã deste domingo, 30, Ribeirão Preto foi palco de uma grande mobilização sobre temáticas nacionais.

A manifestação fez parte de um conjunto de mais 186 cidades Brasil afora que convocaram atos similares e com o mesmo mote: a reforma previdenciária, o pacote de medidas de combate à criminalidade (anticrime) propostas pelo ministro Sérgio Moro e, com destacado protagonismo, o apoio popular aos feitos alcançados pela operação Lava-Jato, hoje colocados em xeque pelo vazamento seletivo -promovido pelo site The Intercept- de gravações telefônicas obtidas ilegalmente entre o então juiz federal Sérgio Moro e o procurador Deltan Dallagnol.

Em Ribeirão Preto, o Grupo Brasil Limpo, liderado pelo advogado Paulo Junqueira, organizou a mobilização, em parceria com o movimento Vem Pra Rua e o Direita São Paulo. De acordo com a organização, compareceram cerca de 15 mil manifestantes, 4 mil a mais que o apontado pela Polícia Militar. Os presentes seguiram o trio elétrico do movimento, municiados com bandeirões, placas e cartazes, até o cruzamento da Avenida 9 de Julho com a Avenida Independência, onde houve a execução do hino nacional, palavras de ordem e um minuto de silêncio pela morte de três policiais militares estaduais no último mês. Logo após, sob aplausos e agradecimentos dos organizadores, o ato foi encerrado.

Nenhuma postagem para exibir