Ex-prefeito Antônio Palocci é condenado por improbridade administrativa

Uma ação civil pública de 2006, promovida pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, com acusações que tiveram pareceres do Tribunal de Contas, condenou o ex-prefeito Antônio Palocci.

Segundo o MPE , o ex-madantário de Ribeirão Preto, em seu segundo mandato, teria cometidos atos de improbidades administrativas em 2002.

A sentença foi proferida no dia 29 de março passado pela Primeira Vara da Fazenda Pública de Ribeirão Preto.

Na decisão, valores não foram relacionados, mas a pena prevê o ressarcimento dos danos aos cofres públicos, suspensão dos direitos políticos por 5 anos e pagamento de multas. 

O ex-petista, cumpre prisão domiciliar em São Paulo, por condenações no âmbito da Operação Lava jato, quando ministro nos Governos Lula e Dilma Roussef.

Reportagem Yuri Abreu