Anel Viário Norte lidera ranking de acidentes com vítimas fatais em Ribeirão Preto

Acidente no anel viário norte
Continua depois da publicidade

O anel viário norte concentra o maior número de mortes em Ribeirão, somente neste ano foram seis envolvendo acidentes de trânsito. Quem passa pelo local reclama da falta de passarelas e radares. Ciclistas e pedestres correm risco de atropelamento todos os dias. No último final de semana três pessoas morreram em acidentes na região. No domingo à noite o motociclista Eliezer Evangelista de Moraes, de 61 anos, foi uma das vítimas, depois de ser atropelado por um carro próximo ao terminal de petróleo. Durante a madrugada um casal que estava de moto perdeu a vida depois de bater a moto em um cavalo que estava solto na pista no sentido Ribeirão – Sertãozinho.
Vale lembrar que a região ficou mais populosa, novos bairros surgiram, mas a segurança e infra-estrutura não são suficientes. Neste ano mais de sete mil famílias passaram a morar nos bairros que circundam o anel viário norte. Para efeito de comparação, nos trechos Leste e Sul existem passarelas instaladas e também a utilização de radares, a velocidade máxima é de 90 km, bem diferente da realidade da zona norte, onde o limite é de 110 km.

Reportagem Correa Junior

 

Nenhuma postagem para exibir