Um dia após casamento, mulher furta roupas de loja, vai presa e adia lua de mel

Suspeita foi pega em flagrante ao furtar peças de roupa em uma loja do Shopping Santa Úrsula; viagem estava marcada para esta segunda-feira

O crime impediu a lua de mel de uma mulher de 30 anos em Ribeirão Preto. Ela havia se casado no sábado (10) e estava com viagem marcada para hoje (12), mas, no domingo (11), resolveu furtar peças de roupa em uma loja do shopping Santa Úrsula. Pega em flagrante, foi presa e teve que passar a noite detida. A Polícia Civil investiga o caso.

Segundo informações do boletim de ocorrência, a autora entrou na Lojas Renner e começou a cortar, com uma tesoura, o alarme das roupas, colocando-as dentro de uma sacola Depois de meia hora, deixou o local sob pretexto de atender o telefone.

Uma fiscal da loja, que já monitorava a mulher, fez a abordagem, acompanhada de seguranças. A suspeita confessou então que tinha cortado os alarmes das peças, mas que pretendia pagar por ela. Sem acreditar na versão, a funcionária chamou a Polícia Militar, que efetuou a prisão.

Culpa

Em depoimento à Polícia Civil, a mulher confessou o crime. Ela permaneceu detida e passa, na manha de hoje, por audiência de custódia no Fórum. O crime foi tipificado como furto qualificado. Ainda não há resultado da audiência mas, se condenada, ela está sujeita a uma pena que chega a cinco anos de prisão, além de multa.

Confirma o vídeo do momento em que a mulher deixou o Plantão Policial para a audiência de custódia.