Projetos de incentivo à leitura estarão no Parque Maurílio Biagi em março

“Viajando com as Histórias” e “Livro, Livre, Leve e Solto” estarão todos os domingos de março no parque

Projeto traz contação de histórias de graça para a população - Foto - Eduardo Schiavoni

Nos domingos de março, das 8h às 12h, o Parque Maurílio Biagi, localizado na rua Felipe Camarão, 292, próximo ao Terminal Rodoviário, receberá os projetos “Viajando com as Histórias” e “Livro, Livre, Leve e Solto”, realizados pela Secretaria Municipal da Cultura.

O objetivo principal destes projetos é o incentivo à leitura e a formação de novos leitores por meio da contação de histórias. No sábado, 7 de março, os projetos estarão presentes também na Esplanada do Theatro Pedro II, região central, na Manhã Mulher, realizada pelo Fundo Social de Solidariedade, da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, das 9h às 13h, para comemorar o Dia Internacional da Mulher.

No dia 8 de março, como tem sido feito em outras edições, os projetos não estarão no parque e, sim, na avenida Nove de Julho, com atividades das 10h às 14h, compondo a quinta edição da “Nove Aberta”, ação que busca ressignificar o modo de ocupação dos espaços públicos pelos cidadãos para que se sintam pertencentes a esses locais.

Em 2019, o projeto percorreu diversos parques municipais, como Parque Municipal “Luiz Roberto Jábali” (Curupira), Parque Municipal “Dr. Luis Carlos Raya” e Parque Tom Jobim.

 “Livro, Livre, Leve e Solto”

Além do “Viajando com as Histórias”, que visa propiciar cultura, conhecimento e princípios, além de contribuir para a construção de relacionamentos afetivos saudáveis, aproximando a família por meio de atividades lúdicas, integrando pais e filhos, os contadores de histórias também apresentarão o projeto “Livro, Livre, Leve e Solto”. Ele busca estimular o gosto pela leitura por meio do empréstimo de livros e a doação de obras de literatura brasileira, visando à manutenção e ampliação do projeto.

Para colaborar com a ação, a população pode levar os livros diretamente ao Parque ou, durante a semana, na Biblioteca “Guilherme de Almeida” (Casa da Cultura – Praça Alto do São Bento s/nº). Os livros devem estar conservados e ser, de preferência, de literatura brasileira. Mais informações pelo telefone (16) 3635-3660.

Nenhuma postagem para exibir