Projeto Viajando com as Histórias retoma atividades nos parques de Ribeirão

Parques Maurílio Biagi e Luiz Roberto Jábali terão programação com contação de histórias nos meses de novembro e dezembro

Projeto foi criado em 2019 Foto: Divulgação

O projeto Viajando com as Histórias, realizado pela Secretaria de Cultura e Turismo de Ribeirão Preto, retomou suas atividades nos parques municipais.

Com início em 2019, o projeto atendia, além dos parques aos finais de semana, as escolas que agendavam apresentações para seus alunos. Com as adequações necessárias devido à pandemia da Covid-19, a partir de março de 2020, as apresentações passaram a ser on-line, nas páginas do Facebook e Instagram @viajandocomashistorias.

Em 2019, foram 22 apresentações presenciais; em 2020, 18 presenciais e 240 on-line e, em 2021, foram 277 apresentações até o mês de setembro, atingindo só nesse ano aproximadamente 90 mil pessoas.

A proposta do projeto é resgatar a arte de contar histórias, desenvolver a criatividade e habilidade oral das crianças e adolescentes e, consequentemente, melhorar sua interação e comunicação.

A atividade de contar histórias é capaz de propiciar cultura, conhecimento, princípios, valores, educação, ética, além de contribuir para uma boa construção de relacionamentos afetivos saudáveis, como carinho e afeto, bons tratos, cuidados pessoais e elevar a autoestima do ouvinte.

Além da contação de histórias, as pessoas que passarem pelo parque poderão retirar livros do Projeto Livro Livre Leve e Solto e levar para ler em casa, no seu tempo.

Segundo a professora Luciana Gasparini, coordenadora do projeto, a difusão da literatura brasileira através da doação dos livros, juntamente com as histórias contadas, incentiva não somente a formação de novos leitores, mas de cidadãos capazes de expressar melhor suas ideias e seus sentimentos.

Para quem quiser curtir presencialmente o Viajando com as Histórias, o projeto ocorrerá durante todo o mês de novembro, no Parque Maurilio Biagi, e em dezembro, no Parque Luiz Roberto Jábali – Curupira, sempre aos sábados, das 15h às 17h, e aos domingos, das 9h às 11h.

O projeto pode ser visto também nas plataformas digitais Facebook e Instagram (@viajandocomashistorias) e no Youtube, onde estão disponíveis mais de 300 vídeos, entre gravações e lives.

Nenhuma postagem para exibir