Superintendente do Hospital das Clínicas teme reabertura do comércio

"Se houver uma abertura muito ampla das atividades, existe sim a possibilidade de uma sobrecarga no sistema de saúde."

Paciente com doença de coronavírus recebe tratamento - Foto: Agência Brasil

O superintendente responsável pelo Hospital das Clínicas, Benedito Carlos Maciel, acredita que a reabertura do comércio, que está sendo cogitada pela prefeitura de Ribeirão Preto, pode causar problemas no sistema de saúde.

Segundo ele, está havendo um aumento no número de casos devido ao aumento de testagem que está sendo realizado na cidade.

“Mas ao mesmo tempo, temos observado o volume de pacientes que tem chegado nas nossas unidades com o quadro mais grave, esse número tem aumentado de maneira significativa. Nós tínhamos a duas ou três semanas atrás uma média em terapia intensiva de até 10 pacientes e agora estamos aproximadamente com 20 pacientes internados.”

Ainda de acordo com Benedito, a equipe da linha de frente teme pela liberação regionalizada e os impactos que possa vir a causar no número de casos.

“Se houver uma abertura muito ampla das atividades, existe sim a possibilidade de uma sobrecarga no sistema de saúde e indisponibilidade eventual de leitos de terapia intensiva.”

Assista abaixo o depoimento do superintendente do Hospital das Clínicas.

Casos na cidade

Na última terça-feira (26) a Prefeitura de Ribeirão Preto confirmou mais 45 casos de covid-19. Houve também mais uma morte, a vigésima registrada na cidade. A vítima foi uma idosa de 99 anos, que faleceu em um hospital público, e tinha diabetes e hipertensão.

Segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde, já são 860 casos confirmados de coronavírus na cidade, 4.195 casos notificados e 2.924 casos descartados. O relatório mostra ainda que, em 2020, foram registrados 673 casos confirmados de Síndrome Respiratória Aguda Grave.