Diretor da OMS responde fala de Bolsonaro sobre situação atual do covid-19

Questionado por um jornalista brasileiro, Adhanom diz que situação atual do coronavírus é “muito séria”

Tedros Adhanom, diretor da OMS, durante entrevista coletiva - Foto: Agência Brasil

A Organização Mundial da Saúde (OMS), junto com outras entidades internacionais subordinadas à Organização das Nações Unidas (ONU) lançaram nesta quarta-feira (25) um plano de resposta global contra o covid-19.

Por meio de uma teleconferência sobre o assunto, o diretor-geral da OMS respondeu a pergunta de um jornalista brasileiro sobre a declaração feita pelo presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido) na noite da última terça-feira (24) em um vídeo oficial do governo.

O presidente teria afirmado que o covid-19 seria, para a maioria das pessoas, similar a uma “gripezinha” e afirmou ser desnecessário o fechamento de escolas e o isolamento social.

Adhanom evitou se estender no assunto, mas comentou que em vários países o novo coronavírus é uma doença muito séria.“A história nos julgará sobre como responderemos às comunidades mais pobres em sua hora mais difícil” afirmou o diretor.