Câmara Municipal volta atrás e retoma sessões via videoconferência

Decisão da Mesa Diretora do Legislativo é válida a partir de terça-feira (16)

Foto: Thaisa Coroado

A Câmara Municipal de Ribeirão Preto, através de uma decisão da Mesa Diretora do Legislativo, irá retomar as sessões via videoconferência a partir de terça-feira (16). A decisão é consequência do decreto estadual, que revogou a flexibilização da quarentena em Ribeirão Preto.

A última sessão ocorreu terça-feira (9), e teve a presença do público limitada em 20% da ocupação total permitida em sessões fora do período de quarentena. Segundo o legislativo, não existe um prazo determinado para a que a nova decisão seja revogada.

Portanto, a partir do dia 16, apenas o presidente da Câmara Lincoln Fernandes (PDT) estará em plenário, além de um número indefinido de assessores. O horário das sessões também sofreu alteração. Agora, as sessões acontecerão às 16 horas, sempre às terças e quintas-feiras, e não mais às 18 horas como ocorria. 

Coronavírus na Câmara

A Secretaria da Saúde realizou, na última quarta-feira (10), 199 exames para a Covid-19 em funcionários da Câmara. De acordo com o Jornal Tribuna, apenas dois servidores da Câmara de Ribeirão Preto testaram positivo para a doença causada pela infecção do Coronavírus.

Na última quinta-feira, dia 11, o vereador Fabiano Guimarães (DEM) afirmou ao Tribuna que o resultado de seu exame para Sars-CoV-2, realizado na semana passada, deu negativo. Ele foi submetido ao teste no dia 4, depois de procurar o Polo Novo Coronavírus (Co­vid-19), na Unidade de Pronto Atendimento Doutor Luis Atílio Losi Viana, a UPA da Treze de Maio, na zona Leste da cidade, após sentir febre, dor de cabeça, tosse e resfriado.

Na Câmara, foram submetidos aos exames foram apenas os parla­mentares e funcionários públicos que desempenham suas funções de forma presencial no Legislativo. O teste consiste em analisar o sangue retirado por meio de picada no dedo e ocorreu a pedido da Comissão Permanente de Seguridade Social, Saúde, Previdência e Assistência Social da Câmara, presidida por Jorge Parada (PT). O Legislativo de Ribeirão Preto tem 93 servidores concursados e 135 comissionados que atuam nos gabinetes dos 27 vereadores.

As orientações de isolamento foram repassadas pela equipe que esteve no local e o acompanhamento dos funcionários contaminados será feito pela pasta.

Nenhuma postagem para exibir