Bebê de cinco meses morre e polícia fala em suspeita de coronavírus

Criança tinha problemas cardíacos, síndrome de down e família era de Guariba; Prefeitura nega contaminação

Uma criança de cinco meses morreu, nesta quinta-feira (27), em Ribeirão Preto, sendo apontado, em boletim de ocorrência, a suspeita de que ela fosse portadora da Covid-19. A família na menor, de Guariba, negou a informação e a Secretaria de Saúde da cidade emitiu nota onde não confirma a causa.

A menina tinha síndrome de down e má-formação cardíaca. Segundo relato de um irmão da menor, ela já tinha ficado internada outras vezes e era portadora de problemas crônicos.
De acordo com relato do irmão, que distribuiu um vídeo nas redes sociais, a menor teve um agravamento em seu quadro de saúde na última semana, sendo internada em Jaboticabal. Passou cinco dias lá até ser transferida para o Hospital das Clínicas, em Ribeirão Preto.
Ela foi liberada no sábado, mas, na segunda, teve complicações e voltou a ser atendida, em Jaboticabal, sendo transferida, na quarta, para Ribeirão, onde acabou levada ao Hospital São Lucas.

“Ela chegou no São Lucas seriamente debilitada. O óbito ocorreu em menos de uma hora, após a criança dar entrada no hospital. Com base nas informações descritas na transferência hospitalar, o óbito foi atestado como causa provável: doença respiratória, H1N1, Covid-19 ou Pneumonia”, esclareceu, em nota, o hospital.

Outro lado

A Prefeitura de Guariba informou, em nota, que a menina não está entre os casos suspeitos do novo coronavírus informados pela Secretaria Municipal de Saúde, mas aguarda a conclusão do atestado de óbito para maiores informações.
“Fomos informados que a bebê era portadora de síndrome de down e problemas cardíacos e recorreu a atendimentos particulares, por meio de seu plano de saúde. […] aguardamos o posicionamento do HC de Ribeirão Preto, que está realizando o Serviço de Verificação de Óbito. Só assim, vamos concluir com exatidão a causa da morte”, esclareceu.

Nenhuma postagem para exibir