Zezinho Gimenez é acusado de deletar todas as redes sociais da prefeitura de Sertãozinho

Caso aconteceu na noite deste domingo (3); canal de comunicação possuía cerca de 40 mil seguidores

Zezinho Gimenez - foto: Luan Porto
Continua depois da publicidade

O ex-prefeito de Sertãozinho, Zezinho Gimenez, está sendo acusado de deletar, na noite deste domingo (3), todas as redes sociais da prefeitura do município, localizado na região de Ribeirão Preto.

Segundo informações, as páginas da prefeitura no Facebook e no Instagram foram deletadas, impossibilitando que o governo eleito de Dr. Wilsinho Pires (PSDB) utilize os canais de comunicação, que possuem cerca de 40 mil seguidores.

“Esse foi o último ato do governo de Zezinho Gimenez, impossibilitando o governo eleito de Dr. Wilsinho Pires de utilizar o canal de comunicação, que possui cerca de 40 mil seguidores. Em plena pandemia, as redes sociais oficiais da prefeitura são de fundamental importância para informação e conscientização da população”, afirmou trecho de uma nota de repúdio divulgada nas redes sociais.

Um pedido de esclarecimento foi encaminhado para a Prefeitura Municipal de Sertãozinho, que ainda não se manifestou sobre o assunto.

Nenhuma postagem para exibir