Vítima de colisão causada por motorista que trafegou na contramão recebe alta

Homem estava internado na Santa Casa; causador do acidente continua internado no HC

Acidente na Anhanguera: carros bateram de frente - Foto: Reprodução

Teve alta, na segunda-feira (9), o motorista Antônio Carlos Francisco Júnior, vítima do acidente causado por um motorista que dirigia na contramão da Rodovia Anhanguera no sábado (7). Ele estava internado na Santa Casa de Ribeirão Preto.

Júnior havia sofrido uma fratura na perna e passou por um procedimento cirúrgico no hospital. A batida aconteceu na tarde deste sábado, no km 317, sentido interior-capital, e interditou a rodovia por cerca de uma hora. No total, quatro pessoas e quatro veículos se envolveram no acidente. Duas vítimas foram atendidas e liberadas com ferimentos leves. 

Mais um

Causador do acidente, Wellington Sansoli Rezende continua internado em estado grave na Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas. Ele dirigia um Chevrolet Prisma e conduziu o veículo por pelo menos 900 metros pela contramão quando bateu em um Fiat Palio, conduzido por Antonio Carlos Francisco Junior.

Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar Rodoviária e será levado para a prisão assim que receber alta. O caso é investigado pela Polícia Civil como tentativa de homicídio.