Traficante que lucrava mais de R$70 mil com venda de “brisa espiritual” é preso em Franca

Segundo a polícia, a maior parte da clientela do traficante era composta por pessoas de classe alta que compravam a ideia de que a droga traz alívio ao corpo e à alma

Imagem ilustrativa/Reprodução

A Polícia Militar cumpriu, na manhã desta segunda-feira (3), um mandado de busca e apreensão contra um homem suspeito pela venda de haxixe no bairro Cidade Nova, em Franca. Com o traficante, foi encontrado 1,5kg da droga, avaliada em R$70 mil. De acordo com os agentes, a substância era vendida sob a promessa de causar uma “sensação espiritual” aos usuários. 

A suspeita contra o homem, 30, foi levantada após denúncias de que o mesmo seria responsável pela venda da droga pela cidade. Uma investigação foi instaurada e agentes da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) confirmaram as alegações. De acordo com os policiais, a maior parte da clientela do traficante era composta por pessoas de classe alta. 

Após a investigação, os oficiais entraram com um mandado de busca e apreensão na residência do suspeito, no bairro Cidade Nova. No local foi encontrado 1,5kg de haxixe em tijolos, a droga é uma substância feita com base em maconha potencializada. De acordo com a Polícia, se vendido, o material poderia render até R$70 mil ao homem. 

Ainda segundo os agentes, a substância possui marca própria. Com um emblema de uma entidade espiritual no logotipo da marca – registro da qualidade do produto – o traficante vendia a ideia de que a droga trazia um alívio ao corpo e à alma.

Além da droga, foram encontrados ainda materiais para embalar o produto e uma balança. O homem foi preso em flagrante e responderá pelo crime de Tráfico de Drogas   na penitenciária de Franca. 

Nenhuma postagem para exibir