Região registra duas mortes de pessoas com suspeita de coronavírus

Casos foram registrados em Franca e Matão; exames definitivos devem sair nos próximos dias

Foto: Pixabay

Duas cidades da região de Ribeirão Preto registraram, nesta sexta-feira (20), morte de pacientes internados com suspeita de contaminação pelo coronavírus. Os casos ocorreram em Franca e Matão. Os pacientes eram idosos, tinham outras doenças graves e aguardavam o diagnóstico sobre a contaminação.

Em Matão, o Hospital Carlos Fernando Malzoni, anunciou a morte de uma pessoa com suspeita do novo coronavírus na manhã desta sexta-feira. O paciente apresentava outras patologias associadas, segundo o hospital.

No boletim divulgado, o hospital informou que aguarda o resultado de pacientes internados com sintomas de Covid-19, sendo três pessoas que estão nas unidade de tratamento intensivo e um na UTI pediátrica. O exame é realizado no Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

Uma morte foi registrada de um paciente que estava com suspeita de coronavírus e tinha outras patologias associadas. Até o momento, não há confirmação de nenhum caso.

Situação de emergência

A prefeitura de Matão decretou situação de emergência considerando a classificação de pandemia pela Organização Mundial de Saúde (OMS), segundo nota oficial.

“Fica decretada a situação de emergência em saúde pública no município de Matão. Portanto, foram necessárias mudanças urgentes no atendimento e na prestação de serviços oferecidos pela administração pública”, diz a nota.

Em Franca

Em Franca, um paciente com suspeita de covid-19 estava internado no Hospital do Coração e morreu de uma doença cardíaca na manhã desta sexta-feira (20).

O paciente era idoso, e o mesmo era portador de doença cardíaca prévia, Hipertensão Arterial Sistêmica e, segundo informações, era fumante de longa data. A prefeitura da cidade investiga a morte.

“A necropsia poderá apontar a causa do óbito. O caso é tratado como suspeito de coronavírus” disse a Secretaria Municipal de Saúde de Franca.