Sinos da catedral dobram na madrugada e assustam moradores do Centro

Problema foi notado na última hora de sábado e perdurou até a primeira de domingo

Uma falha mecânica em sinos da catedral de Ribeirão Preto assustou a população da cidade entre a noite de sábado e a madrugada de domingo. O badalar começou por voltadas 23h40 de sábado e só foi interrompido na primeira hora do domingo.

De acordo com informações da Diocese de Ribeirão, uma pane elétrica fez com que os sinos da catedral badalassem ininterruptamente por quase uma hora. O barulho incomodou moradores da região central.

O investigador aposentado Ildo Melani, 79, que mora a duas quadras da catedral, conta que se assustou com o badalar contínuo dos sinos. “O Centro inteiro percebeu. A gente não sabia o que tinha acontecido. Foi uma coisa estranha, ficou tocando quase uma hora na madrugada”, disse.

Alguns moradores do Centro ficaram temorosos porque, na liturgia da igreja, quando o sino toca fora de hora significa a morte do arcebispo local. “Ficamos desesperados imaginando que fosse alguma perda. Não imaginamos uma falha”, disse Adriana Stéfani, 45, que também mora no entorno da catedral.

O padre Francisco Jaber Zanardo Moussa, pároco da igreja, entretanto, pediu desculpas pelas redes sociais. “Não tivemos a intenção de perturbar ou desrespeitar o horário noturno, e o descanso dos moradores do Centro da Cidade. Os sinos começaram a tocar por causa de uma “pane elétrica” no seu sistema de automatização. Contamos com a compreensão”, disse o pároco.
O problema foi resolvido por volta das 0h20 deste domingo.