Ribeirão tem 120 vagas para cursos profissionalizantes com auxílio de R$210

Podem se inscrever pessoas que tenham a partir de 16 anos, que sejam alfabetizadas e morem no Estado de São Paulo

Imagem ilustrativa – Foto: Marcos Santos/USP/Imagens

As inscrições para cursos profissionalizantes gratuitos de qualificação estão abertas até o próximo dia 27 pelo site do Via Rápida. São oferecidas, para Ribeirão, 120 vagas e com bolsa auxílio de R$210 para Porteiro e Controlador de Acesso.

Podem se inscrever pessoas que tenham a partir de 16 anos, que sejam alfabetizadas e morem no Estado de São Paulo. São 60 vagas para cada modalidade e, caso o número seja superado a prioridade será dada para indivíduos de baixa renda, desempregados e com deficiência. A convocação será via e-mail.

Para se cadastrar basta acessar o site http://www.cursosviarapida.sp.gov.br/home, acessar o menu “inscreva-se nos cursos com bolsa auxílio”, selecionar a cidade em que mora, a o curso e informar os dados pessoais.

As aulas serão mediadas pela tecnologia, portanto, na modalidade (EaD), ao vivo, e possuí curta duração. Ao final, se completando 75% do cronograma de ensino haverá a entrega de certificado.

Bolsa-auxílio

Os estudantes matriculados a partir de março nos cursos de qualificação do programa Via Rápida receberão uma bolsa única de R$ 210 para ajuda em suas despesas durante a realização do curso. O auxílio será disponibilizado aos alunos que cumpram os requisitos e estejam frequentes após dez dias de aula. O pagamento será feito por meio de código bancário, que o estudante usará para sacar em caixas eletrônicos do Banco do Brasil e da Rede 24 horas. O recurso valerá também para os cursos de 60 a 160 horas do SP Tech e SP Criativo e fica disponível por 30 dias após a comunicação oficial por e-mail de que o valor está disponível. Até o final de 2021, serão ofertadas 30 mil vagas de qualificação profissional com bolsa-auxílio.

Para receber a bolsa-auxílio, além de ser desempregado e estar frequente no curso, o estudante não pode estar recebendo seguro-desemprego ou outros auxílios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Nenhuma postagem para exibir