Ribeirão registra pouco movimento em 1º dia de restrição

Medida entrou em vigor nesta quinta-feira (27) e vai até a próxima segunda-feira (31)

Ribeirão Preto teve ruas quase desertas e terminal rodoviário vazio, durante o primeiro dia de fase restritiva, decretada pela Prefeitura. A medida, que iniciou nesta quinta-feira (27) e permanece em vigor até a próxima segunda-feira (31), mantém setores de comércio e serviços fechados. 

A restrição foi adotada pelo prefeito Duarte Nogueira, para conter o avanço dos novos casos de Covid-19 na cidade, além de frear o número de óbitos e de internações, que chegou a levar a taxa de ocupação em leitos de Unidade Terapia Intensiva (UTI) aos 97%. 

Durante a fase, que é semelhante ao lockdown, fica proibido o funcionamento de bares, restaurantes, shoppings, lojas, centros comerciais, escolas e salões de beleza. Lanchonetes, mercearias e supermercados podem trabalhar por meio de delivery. 

A medida também suspendeu a circulação do transporte público coletivo. A reportagem do Grupo Thathi esteve no terminal rodoviário para acompanhar a movimentação no local no primeiro dia de restrição e registrou o ambiente quase deserto. Veja no vídeo abaixo. 

Ocupação 

Nesta quinta-feira, Ribeirão registrou 93,7% de ocupação na UTI, o número representa um 300 leitos ocupados, entre os 321 disponíveis. Já na enfermaria, a taxa é de 84,7%, com 329 leitos utilizados em um total de 388 disponíveis. Entre todos os pacientes internados, 218 fazem uso de respirador. 

Nenhuma postagem para exibir