Ribeirão Preto se candidata para sediar os Jogos da Juventude em 2023

Evento multiesportivo busca dar suporte à formação de novos atletas e reúne, anualmente, mais de 4,5 mil jovens de até 17 anos

Representantes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) estão em Ribeirão Preto desde o início da semana para conhecer as instalações esportivas e rede hoteleira do município para avaliar o credenciamento da cidade como sede dos Jogos da Juventude de 2023.

Nesta quinta-feira, 11 de novembro, o prefeito Duarte Nogueira recebeu os representantes do COB no Palácio Rio Branco e apresentou informações importantes sobre o tema.

“Temos total estrutura para receber os Jogos da Juventude e fazer uma excelente edição em 2023. Além dos centros esportivos municipais, como a Cava do Bosque, contamos com a parceria de entidades privadas, clubes associativos, entidades esportivas, escolas e universidades. Colocamos nossa cidade a disposição do COB para receber os Jogos da Juventude em 2023”, disse o chefe do Executivo.

Além das instalações esportivas de Ribeirão Preto, também há previsão de parceria com municípios vizinhos, como Brodowski, Sertãozinho e Serrana, que compõem a Região Metropolitana e podem agregar forças através do esporte.

“É uma forma de aproveitar as instalações esportivas dessas cidades para compor o programa técnico esportivo, como por exemplo, o centro de treinamento de badminton, exclusivo para a modalidade, em Brodowski, e a pista de atletismo oficial de Sertãozinho”, explicou o secretário de Esportes, André Trindade.

Ao todo, o COB investe mais de R$ 9 milhões na cidade que sedia os Jogos da Juventude, contratando cerca de 60 mil refeições, 30 mil diárias de hotel, duas mil diárias de veículos, mais de 80 mil litros de combustível, o que aquece a economia local, fomenta o turismo e dá visibilidade nacional e internacional para a cidade.

Para Kenji Saito, gerente executivo dos Jogos da Juventude, foi montada uma força-tarefa para todos estarem na cidade nesta semana. “Se temos a intenção de levar os Jogos para Ribeirão, tínhamos que conferir e entender a cidade. Tudo indica que estamos caminhando para confirmar Ribeirão Preto como sede, estamos todos motivados e engajados para isto”, elucidou.

Jogos da Juventude

Os Jogos da Juventude são um evento multiesportivo que tem como objetivo oferecer suporte para as modalidades olímpicas com ações que visam à formação de atletas jovens e profissionais do esporte e reúne, anualmente, mais de 4.500 jovens atletas, de até 17 anos, de escolas públicas e privadas de todo o país.

Grandes nomes do esporte passaram pelo evento esportivo, como a campeã olímpica Sarah Menezes e a campeã mundial Mayra Aguiar, do judô; os mesatenistas Hugo Calderano e Bruna Takahashi; Darlan Romani, Paulo André e Rosângela Santos, do atletismo; os armadores Raulzinho e Tainá Paixão, do basquete; a nadadora Etiene Medeiros; a ciclista Paôla Reis; e Haniel Langaro e Tamires Morena, do handebol.

A disputa é dividida em quatro blocos de modalidades, com duração de 17 dias, para receber os melhores atletas do Brasil. No total, são disputadas 16 modalidades nos Jogos da Juventude, sendo elas Atletismo; Badminton; Basquete; Ciclismo; Futsal; Ginástica Artística Feminina; Ginástica Artística Masculina; Ginástica Rítmica; Handebol; Judô; Natação; Taekwondo; Tênis de Mesa; Voleibol; Vôlei de Praia; Wrestling.