Ribeirão ganha campanha permanente pela civilidade nas ruas

Campanha foi organizada pela Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto

Equipe de voluntários na campanha da civilidade - Foto - Divulgação

Foi lançada na manhã desta terça-feira (22) a Campanha Civilidade nas Ruas, iniciativa da Associação de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Ribeirão Preto (AEAARP) que visa conscientizar a população sobre a responsabilidade de cada um em manter a cidade limpa. Dentre as ações previstas estão palestras educativas, debates, ações de conscientização em espaços públicos, como praças ou parques, edição de cartilha educativa e ampla divulgação de material educativo em redes sociais.

A Campanha Civilidade nas Ruas foi lançada em 1997 pelo Pensamento Nacional das Bases Empresariais (PNBE), Núcleo Ribeirão Preto. O objetivo do movimento era orientar a população a manter a cidade limpa com a atitude simples de não jogar lixo nas áreas públicas. A iniciativa teve amplo apoio de empresas e organizações locais.

Os organizadores decidiram manter o nome da campanha, torná-la mais abrangente e permanente. “A campanha tem caráter educativo, de informação e alerta à população sobre a responsabilidade de cada um em manter a cidade limpa e sobre o papel da sociedade civil na preservação dos espaços públicos”, explica Giulio Prado, presidente da AEAARP. “Queremos provocar reflexões sobre o uso dos recursos naturais e do espaço urbano, além de despertar para atitudes sustentáveis em relação à cidade”, comenta Kelly Cristina da Silva, conhecida pelo trabalho de transformar pneus em obras de arte e livrar as ruas da cidade de entulhos.

Ações

A campanha Civilidade nas Ruas disponibilizará na internet a lista de ecopontos da cidade para descarte de materiais, vai orientar a população sobre o que é reciclável, como descartar materiais, além de orientar sobre substancias prejudiciais à saúde e meio ambiente.

“Há inúmeras iniciativas de valor em pleno funcionamento e beneficiando a cidade, a população e o meio ambiente. Queremos divulgar o trabalho dessas organizações e mesmo de voluntários que atuam individualmente ou entre amigos, dar visibilidade e voz para as boas ações e contribuir para que um dia nenhum pedaço de papel seja jogado nas vias públicas de nossa cidade”, diz Giulio Prado.

Nenhuma postagem para exibir