Ribeirão fecha maio com saldo positivo em número de admissões

No acumulado do ano de 2021, o saldo é de 5.647 novos postos de trabalho

Imagem ilustrativa de uma carteira de trabalho - Foto: Marcello Casal/Agência Brasil

Maio foi mais um mês positivo para a geração de empregos formais em Ribeirão Preto. Segundo dados do Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), a cidade fechou o período com um saldo de 1.720 novos postos de trabalho, tendo contabilizado 8.869 admissões e 7.149 demissões, uma variação positiva de 0,77%.

No acumulado do ano de 2021, o saldo é de 5.647 novos postos de trabalho, enquanto a soma dos últimos 12 meses (junho/20 a maio/21) é positiva em 13.500 novas vagas de emprego.

“Estamos enfrentando o período mais desafiador de nossa história, devido à pandemia, mas seguimos confiantes na recuperação da economia e na força de nossa cidade, que mês a mês demonstra seu potencial em gerar emprego e renda”, afirma o prefeito Duarte Nogueira.

O Novo Caged é composto por informações captadas dos sistemas eSocial, Caged e Empregador Web. De acordo com o levantamento, o Brasil apresentou crescimento em maio de 2021, registrando saldo de 280.666 postos de trabalho. Esse resultado decorreu de 1.548.715 admissões e de 1.268.049 desligamentos.

As atividades econômicas com maior saldo de empregos foram serviços (110.956), comércio (60.480), indústria (44.146), agricultura (42.526) e construção (22.611).

Em maio, as cinco regiões brasileiras apresentaram saldo positivo:

• Sudeste (+161.767 postos, +0,78%);
• Nordeste (+37.266 postos, +0,58%);
• Sul (+36.929 postos, +0,48%);
• Centro-Oeste (+26.926 postos, +0,78%);
• Norte (+17.800 postos, +0,96%).

Entre as 27 Unidades Federativas, São Paulo foi a que teve maior saldo, com resultado positivo de 104.707 postos de trabalho (+0,84%).

Nenhuma postagem para exibir