Revolta: Mata Sinhá Junqueira pega fogo e moradores reclamam de recorrentes incêndios no Ribeirão Verde

O fato ocorreu na região da avenida Antônia Mugnatto Marincek; imagens de câmeras de segurança serão utilizadas para detectar responsáveis

Um incêndio foi registrado, na tarde desta quinta-feira (19), na mata Sinhá Junqueira, no bairro Ribeirão Verde, próximo à escola desativada Domingos Angerami. Ainda não se sabe o que causou o início das chamas. Alguns moradores do local trabalham com a hipótese de incêndio criminoso.

Em razão disso, segundo informação de populares, próximo ao local dos fatos, há a presença de câmeras. Sendo assim, as imagens serão utilizadas para tentar identificar se há algum responsável pela ação. O fato ocorreu na região da avenida Antônia Mugnatto Marincek, a principal do bairro.

O local, segundo Márcia Silva, trata-se de uma área verde. Portanto, mantém uma vegetação nativa preservada. “Lá tinha miquinho, tucano, vários bichos de mata, sabe? Aí começou queimar, queimar e tem pouco agora. Você chega à conclusão que a pessoa quer acabar com a mata para daqui a pouco virar tudo prédio, sabe?”, disse.

Em decorrência das chamas o Corpo de Bombeiros foi acionado e fará uma análise previa do que causou o incêndio. Agora, só resta uma parcela da vegetação.

As ocorrências

Segundo Márcia, as ocorrências no local são recorrentes e consegue listar quatro, até o momento nos últimos tempos. “Eu lutando com as minhas mudinhas para formar e na hora que chover eu plantar aqui nas áreas públicas, vai e pega fogo”.

Ela ainda se mostra preocupada com as crianças que moram perto do local, devido ao tempo seco e a quantidade de fumaça gerada. Além disso, relembra o incêndio que ocorreu em um assentamento há três semanas.

Ela se refere ao fogo no assentamento que aconteceu no último dia 6. O fogo começou no final da tarde e foi se alastrando no decorrer das horas. Pelo local havia uma vegetação seca, o que facilita a propagação das chamas.

Alguns moradores até tentaram combater as chamas usando mangueiras domésticas, mas não tiveram sucesso na ação. O Corpo de Bombeiros e a Polícia estiveram presentes no local.