Quinta-feira explosiva terá a terceira fase de detonações para implantação do túnel da Vargas com Independência

A primeira detonação foi realizada em outubro de 2020, onde será implantada a alça de acesso do túnel, próximo à avenida Independência.

Outra detonação está marcada para a próxima quinta-feira, dia 4 de agosto. A primeira detonação foi realizada em outubro de 2020, onde será implantada a alça de acesso do túnel, próximo à avenida Independência. A obra pertence ao Programa Ribeirão Mobilidade e terá investimento total de R$ 30.068.952,06.“Nesta etapa, a detonação das rochas possibilitará a implantação da rampa de saída do túnel. Tem um maciço rochoso sendo retirado com a detonação de explosivos”, explicou o prefeito Duarte Nogueira, que acompanhou a ação.

Na ocasião, foram utilizados 130 quilos de dinamite, divididos em 26 furos com cinco metros de profundidade e cinco quilos de explosivo cada. O processo é simples e realizado em uma única etapa. O local foi isolado e apenas pessoas autorizadas tiveram acesso.

Além das detonações, os trabalhos estão concentrados na implantação das paredes do quinto módulo fechado (chamado de T2), escavação e implantação da rampa de acesso Norte, que começa na rua Bernardino de Campos com a avenida Independência, e galerias de águas pluviais.

Com quatro módulos fechados concluídos (T6, T5, T4 e T3), o túnel terá um total de 20 módulos (nove fechados e 11 abertos) em toda a extensão da obra. Após entregue, o túnel permitirá a ligação direta entre as avenidas Independência e Presidente Vargas, melhorando o fluxo de veículos na região, beneficiando entre sete e nove mil usuários do transporte coletivo e cerca de 5,4 mil veículos que transitam no local.

Sobre a Obra
O túnel terá 381 metros de extensão, sendo 178 metros fechados e 203 metros de rampas de acesso, com 7,5 metros de largura e 5 metros de altura, além de 20 módulos (nove totalmente fechados e 11 de acesso). Dentro do túnel haverá iluminação, duas claraboias de ventilação, sistema de combate a incêndio, drenagem de águas da chuva (com três bombas hidráulicas para retirada da água – duas funcionando e uma de reserva – capazes de bombear 34,6 litros por segundo), caixa de detenção de 300 metros cúbicos e passarela de segurança com 1,2 metro de largura.

O acesso ao túnel será pela avenida Independência com a rua Bernardino de Campos, passando por baixo da Praça Salvador Spadoni e terminando na avenida Presidente Vargas, entre as ruas João Penteado e Eliseu Guilherme, o que criará um fluxo livre com semáforos apenas na parte externa do túnel.

Nenhuma postagem para exibir