Queimada é crime! Prefeitura realiza ações de prevenção e combate a queimadas urbanas

Secretaria do Meio Ambiente realiza campanha de conscientização e outras atividades para prevenir e combater queimadas

Entre os meses de junho e setembro, o número de focos de incêndios urbanos aumenta, e muitas vezes a situação se agrava pela baixa umidade relativa do ar, pouca quantidade de chuva e vegetação seca. Além disso, pontas de cigarro jogadas ainda acesas, queimada de resíduos domiciliares, fogueiras perto de matas e queimadas para limpar terrenos são muitas vezes os causadores desses incêndios.

Pensando em prevenir e combater essas queimadas, a Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, realiza ações durante este período de estiagem. Além de campanhas de conscientização pelas redes sociais, a pasta assinou um protocolo de intenção com a Fundação Florestação do Estado de São Paulo, com conselho de segurança e associações de bairros do entorno da Estação Ecológica Mata de Santa Tereza, visando à estruturação e execução de programas de prevenção e combate a incêndios.

De acordo com a secretária municipal do Meio Ambiente, Catherine D’Andrea, foi estabelecido um plano para ser trabalhado de 2022 a 2026, alinhado com o Corpo de Bombeiros. “Os incêndios causam transtornos a todos, trazendo prejuízos ambientais e potencializando as doenças respiratórias. Para além disso, as queimadas prejudicam a agricultura. Por isso, é de extrema importância o envolvimento de diversos setores de nossa cidade. Juntos somos mais fortes,” ressalta D’Andrea.

A população pode ajudar na fiscalização denunciando pelos telefones 193, do Corpo de Bombeiros, ou 199, da Defesa Civil. Os valores das multas variam de R$ 501 a R$ 11 mil, dependendo do local e do grau dos estragos causados pelo incêndio.

Nenhuma postagem para exibir