Professor desaparece pela segunda vez em um mês

Depois de levar o lixo até a rua o professor desapareceu

Um professor de 38 anos desapareceu, na noite da última segunda-feira (10), no bairro Campos Elíseos, zona Norte de Ribeirão Preto, depois de sair para colocar o lixo pra fora. A Polícia Civil investiga o caso, que não é o primeiro envolvendo o mesmo homem.

Segundo consta no boletim de ocorrência, o professor saiu de casa por volta de 23 horas para levar o lixo a rua, mas não voltou para casa, onde mora com a mãe, que é idosa e tem uma condição debilitada.

A mãe percebeu a ausência dele no mesmo dia e depois acabou comunicando o fato às autoridades. O boletim de ocorrência foi registrado e a polícia está investigando o caso.

Segundo a amiga do professor, Angelina, a conta nas redes sociais de Ricardo recebeu postagens na tarde de hoje. “foram feitas postagens agora a tarde na conta de whatsapp e facebook que estava tudo bem, mas não sabemos se é ele, não foi feito nenhum contato com a família ainda e estamos procurando mais informações”.

Não é, entretanto, o primeiro caso de sumiço envolvendo o professor. No primeiro caso, registrado em 15 de dezembro, a Polícia Civil registrou o desaparecimento do homem depois de uma confraternização com colegas de trabalho em um bar. A celebração ocorreu em um estabelecimento da zona central da cidade.

De acordo com o relato, os amigos acabaram deixando o local e o professor permaneceu no espaço sozinho. O homem não regressou para casa e ficou desaparecido por X dias. Não há informação sobre o que aconteceu com ele nesse período.

Caso tiver alguma informação contatar a Angelita no telefone (16) 98849-5927.