Polícia investiga empresas de crédito que fraudam empréstimos em nome de idosos em Ribeirão

Organizações falsificam assinaturas sem o consentimento das vítimas; empréstimos são contratados com parcelas pequenas e em grandes parcelamentos

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil cumpriu seis mandados de busca contra empresas de crédito de Ribeirão Preto, suspeitas de fazer empréstimos consignados em nome de idosos, sem o consentimento das vítimas. A ação faz parte da operação “Consignado Fraudulento” e foi realizada na manhã desta terça-feira (12). A identidade das empresas não foram divulgadas. 

A partir das investigações, agentes da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) descobriram que algumas empresas de crédito do centro da cidade estão utilizando dados pessoais de clientes idosos para fazer empréstimos sem que essas pessoas saibam. As vítimas são de diversos estados do país.

De acordo com a Polícia Civil, os empréstimos são contratados com parcelas de valores baixos e em grandes parcelamentos nas seguintes agências: Banco C6, Banco Pan, Banco Daycoval e Ficsa/AS. 

Nesta fase da operação, foram coletadas provas documentais e materiais, além da identificação de todos os suspeitos de estarem envolvidos no esquema de fraude. Foram apreendidos ainda 60 computadores, três plafons de falsificação de assinatura, dez telefones celulares, além de documentos e contratos.

Nenhuma postagem para exibir