Polícia Ambiental realiza operação para combate de queimadas na região de Ribeirão

Ação conta com participação de 38 policiais para fiscalização de rodovias e áreas de canaviais nesta segunda, terça e quarta-feira

Imagem ilustrativa Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Polícia Militar Ambiental cumpre três dias de fiscalização de canaviais, faixas de domínio de rodovias e trilhos de trem da região de Ribeirão Preto, para o combate e prevenção de incêndios ambientais. Denominada Operação Hurácan II, a ação faz parte da Operação Corta Fogo, e começa a partir desta segunda-feira (21).

A ação é realizada em todo o estado de São Paulo e tem o apoio do Ministério Público de São Paulo. Até a próxima quarta-feira (23), vão ser realizadas vistorias em áreas de preservação permanente de rios da  região, além de unidades de conservação e fragmentos florestais, As irregularidades  encontradas serão fiscalizadas e encaminhadas ao Ministério Público para conhecimento e providências cabíveis.  

Além disso, as patrulhas ambientais vão verificar se as inconformidades encontradas durante a Operação Huracán I foram corrigidas, além de percorrer os quilômetros de rodovias e ferrovias verificando as providências quanto a manutenção de vegetação das faixas de domínio.

O objetivo do trabalho é reforçar a prevenção para que o período de queimadas seja menos prejudicial para a população e proprietários rurais. A ação conta com apoio de 14 viaturas da Polícia Militar Ambiental e de 38 policiais.

Nenhuma postagem para exibir