Pegos no flagra, homens transferiam gás de cozinha de forma clandestina para revender

Prática conhecida como envase clandestino era realizada com frequência pelo grupo que confessou alcançar uma média de 80 botijões por semana

Foto: Divulgação / Polícia Militar

Três homens foram flagrados pela Polícia Militar Ambiental de Ribeirão Preto durante prática de envase clandestino de gás de cozinha, em um canavial na rodovia Armando de Sales Oliveira, em Sertãozinho, na noite desta quarta-feira (5). 

De acordo com os agentes, os homens estavam em um caminhão carregado de botijões de gás de cozinha quando foram avistados. Aos policiais, o grupo disse que realiza a prática de envase clandestino com frequência, chegando a alcançar uma média de 80 botijões por semana. 

Com os homens foram apreendidos lacres, selos e etiquetas que utilizavam para lacrar os botijões, além do caminhão. Segundo os policiais, o grupo transferia o gás de cozinha e as sobras eram depositadas em outros botijões de qualquer forma e em quantidades aleatórias, chegando a eles mesmos lacrarem os recipientes e ainda vendê-los para os consumidores.  

O grupo foi levado ao Plantão de Polícia Judiciária de Sertãozinho, onde foi registrado Boletim de Ocorrência de crime contra ordem econômica, porém os homens vão responder em liberdade. 

Nenhuma postagem para exibir