Moradores confundem casal homoafetivo com bandidos e acionam PM para veículo com “movimentações suspeitas”

Agentes flagraram homens no meio do ato sexual e orientaram que a dupla fosse para outro lugar

Imagem ilustrativa Foto: Elijah O'donell / Pexels

A Polícia Militar de Matão teve uma surpresa durante um chamado na Fazenda Aquidaban, em Matão, na madrugada desta quarta-feira (12). Assustados, os moradores do local acionaram os agentes para dois supostos bandidos armados que estariam em um carro com movimentações estranhas, mas ao chegar ao local os oficiais flagraram um casal no meio do ato sexual.  Seu único crime: amar demais.

O casal homoafetivo, na verdade, tinha ido ao local para um encontro sexual. Nenhum dos dois homens eram criminosos, mas um deles confessou estar casado com uma mulher que não sabe do caso extraconjugal e pediu aos agentes que não divulgassem sua identidade. 

Os homens estavam dentro de um veículo Chevrolet de cor preta, com todos os vidros embaçados. Os vizinhos do local suspeitaram da dupla após identificarem que o veículo balançava demais e concluir que a dupla planejava algum crime. Aos agentes, os denunciantes disseram que o casal estava com máscaras e possivelmente armados. 

Como a documentação dos homens estava em ordem, eles foram liberados e orientados a procurar um lugar mais seguro para concluir o ato.

Nenhuma postagem para exibir