Morador diz ser ameaçado pela fiscalização geral da prefeitura em ação de reintegração de posse no Salgado Filho I

Segundo o morador, a prefeitura abandonou o terreno por oito anos e agora, com “agressividade”, expulsa os atuais ocupantes

Militares durante a ação de reintegração de posse - foto: Arquivo de imagens Thathi

Um morador do bairro Salgado Filho I, que pediu para não ser identificado, diz ter sido ameaçado pela Fiscalização Geral da Prefeitura de Ribeirão Preto durante uma ação de reintegração de posse em um terreno do bairro, localizado na zona Norte da cidade.

“O que acontece é que a prefeitura deixou abandonado por oito anos, não tomaram providência nenhuma de limpar o terreno, nem de cuidar da área desapropriada e agora o pessoal veio ocupar o terreno e a prefeitura veio com agressividade retirar o pessoal”, disse o morador.

O morador continuou a denúncia questionando a prefeitura sobre o método utilizado para a ação de reintegração. “Eu gostaria de saber porquê não veio também quando ficou oito anos o terreno abandonado, cheio de lixo, cheio de entulho, cheio de escorpião, e agora quando o pessoal ocupa vem fiscal, vem todo mundo”, continuou.

Sobre a abordagem agressiva, o morador afirmou que, devido um xingamento por parte de um dos fiscais, ficou até sem jeito com a situação “Ela foi ameaçada, o rapaz xingou ela mesmo de uma palavra bem feia, que eu não devo citar aqui mas foi bem deselegante, eu fiquei até sem jeito com a situação”, disse.

Outro lado –

Procurada, a Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, até o momento, não se manifestou sobre o assunto.

Nenhuma postagem para exibir