Márcio Lassali, ex-preparador físico do Botafogo, é encontrado morto em Ribeirão

Professor integrou equipe vice-campeã paulista de 2001; família afirma que causa da morte foi um infarto

Mário Lassali também atuou no Comercial, Sertãozinho e Francana - Foto: RGdoGol
Continua depois da publicidade

Morreu nesta segunda-feira (18), aos 55 anos, o preparador físico Márcio Lassali, que teve duas passagens pelo Botafogo, incluindo a participação na equipe que disputou a final do Campeonato Paulista de 2001, no qual o time de Santa Cruz foi vice-campeão. A causa da morte é desconhecida.

Lassali estava sem dar notícias a familiares nos últimos quatro dias e o corpo foi encontrado em seu apartamento. Segundo Tadeu Lassali, irmão do profissional, ele teve um ataque cardíaco em casa. A Polícia Civil investiga o caso.

Lassali trabalhou no Botafogo durante boa parte da década de 1990 e depois voltou ao clube em 2001, permanecendo até 2005. Também trabalhou, rapidamente, no Comercial e também no Sertãozinho.

Repercussão

Na página RGdoGol, comandada pelo jornalista Rafael Gonçalves, jogadores e técnicos que trabalharam com Lassali se manifestaram. Um deles é o técnico Nenê Belarmino. “Descanse em paz amigo. O futebol de Ribeirão Preto perdeu um excelente profissional de futebol. É um dia muito triste pra mim”, disse.

O Botafogo lamentou a morte em nota. “É com imenso pesar que a diretoria e torcedores do Botafogo receberam nesta segunda-feira (18) a notícia do falecimento do preparador físico Márcio (…) A diretoria do Botafogo presta os seus mais sinceros sentimentos de condolências à família e amigos e reza para que todos encontrem forças neste momento para superar essa triste perda”, afirma em nota.

Nenhuma postagem para exibir