Mãe tenta enviar maconha camuflada em sabonetes para detento do CPP de Jardinópolis

Oficiais apreenderam 630 micropontos da droga sintética enviada a preso por Sedex; procedimento para apuração foi instaurado e detendo deverá regredir para o regime fechado

Agentes localizaram, 15 pedaços de papel com 630 micropontos do entorpecente sintético, além de 2 invólucros contendo 23 gramas de maconha, em 3 sabonetes Foto: Divulgação / CPP Jardinópolis

Durante revista de encomendas enviadas a detentos, agentes flagraram maconha sintética, conhecida como k4, e maconha “tradicional” em sabonetes, no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Jardinópolis, nesta terça-feira (1º).  

Agentes de segurança localizaram, 15 pedaços de papel com 630 micropontos do entorpecente sintético, além de 2 invólucros contendo 23 gramas de maconha, camuflados em 3 sabonetes.

A correspondência estava em nome da mãe do reeducando, que foi recolhido ao pavilhão disciplinar, enquanto a unidade instaurou procedimento interno para apuração que deverá culminar com a regressão do preso para o regime fechado. 

As drogas foram encaminhadas a autoridade policial para lavratura de Boletim de Ocorrência.  

Nenhuma postagem para exibir