Justiça penhora cachê do cantor Giovani para pagar multa de mais de R$ 1 milhão

Artista, que faz dupla com o irmão Giovani, é cobrado na Justiça; dupla é de Franca

O cantor Giovani teve penhorado cachê após determinação da Justiça Estadual para que o valor seja revertido a pagamento de mais de R$ 1 milhão em dívida. A quantia é cobrada pelas empresas DWJ Shows e Produtora 10. A discussão que parou na justiça é por conta de uma rescisão contratual do cantor, que ocorreu em 2016.

A informação foi divulgada no jornal O Dia, pela colunista Fábia Oliveira. Giovani faz dupla com Gian e os cantores são de Franca.

A ação tramita na 33ª Vara Cível de São Paulo e especifica que o cantor francano teria de pagar R$ 397.154,19 de multa após rescindir seu contrato com as duas empresas, isso em fevereiro de 2016. Houve um acordo em 2017, porém não ocorreu o pagamento novamente. Com isso, foi determinado que houvesse penhora de 30% do cachê da dupla em shows que fossem feitos.

As empresas também tinham solicitado que a Justiça suspendesse o passaporte de Giovani e a CNH, mas o pedido não foi acolhido.

A dupla começou a carreira em 1998 e tiveram uma pausa em 2014, quando Gian sofreu AVC. Eles retornaram em agosto de 2018. Recentemente houve um evento realizado online pela dupla para ajudar Santa Casas no interior do Estado.

Fonte: f3 Noticias

Nenhuma postagem para exibir